<$BlogRSDUrl$>

terça-feira, julho 13, 2004


// posted by michael seufert @ 14:44

Por estas e por outras... 

Como obter melhores resultados com as formas de luta? Esta é uma pequena reflexão sobre o caso dos CTT. Nos Correios poder-se-á pensar em greves sectoriais. Por exemplo no atendimento das duas primeiras e das últimas duas horas que são as que maior número de pessoas precisa.
As duas primeiras horas afectam apartados, vales, encomendas, registos, etc; as duas últimas horas é quando tudo vem despachar expediente. Assim a recepção de correio diminuía muito.
Poder-se-ia fazer uma paragem no transporte, no mesmo sistema, para estar em falta para o tratamento nos CDP´s.
Se o correio não chegar nas primeiras horas aos CDP´s será mais difícil ser tratado, feito a sua divisão e posterior
entrega para distribuição.
Como exemplo: fez-se um plenário no CDP de Portimão nas três horas seguintes à divisão geral e foi o suficiente para estragar o dia porque nas duas horas que sobra não dá para dividir, arruar e distribuir.
Assim uma luta, ou uma greve, pode-se fazer por mais dias sem ter tão pesada nos nossos bolsos. Faz até mais mossa na empresa e com certeza que ajuda a obter melhores resultados para os trabalhadores.
Quando todos os sectores estão interligados e dependem uns dos outros o não funcionamento de um afecta o exercício de funções dos outros."

FRANCISCO REIS - PORTIMÃO
DELEGADO SINDICAL SNTCT


SAFA!

(via quinto do impérios, via manuelinho)

Links to this post:

<\$BlogItemBacklinkCreate\$>


Comments: Enviar um comentário

This page is powered by Blogger. Isn't yours?



Listed on BlogShares
Technorati Profile