<$BlogRSDUrl$>

terça-feira, outubro 28, 2003


// posted by michael seufert @ 10:58

O PS e justiça 

Temos assistido ao desenrolar do processo da Casa Pia, através da comunicação social. O PS brada "politização da justiça". Diz que a acusação a Paulo Pedroso é um ataque ao PS, fala de cabala. Enfim, fomos todos testemunhas nas semanas passadas.
O problema reside fundamentalmente na actuação do próprio PS.
Senão vejamos:

Lembro-me bem do dia em Paulo Pedroso foi preso, estava em Serralves com uns amigos (lembras-te Pã?) a combinar como ia ver a final da Taça UEFA, quando o teu pai telefonou a contar o que se tinha passado. Para mim, foi a primeira vez que tomei conhecimento do envolvimento de algum deputado - de qualquer partido - no processo. Confesso, Pedroso era apenas vagamente conhecido, e não me passou pela cebeça atribuir alguma carga política ao sucedido. Mas de facto as coisas mudaram rapidamente, por culpa da actuação da direcção do PS.

Ferro atirava acusações a figuras sem nome, vitimizava o partido, e ficamos todos a pensar "Será mesmo verdade?", "Será uma cabala?", "Será o MP, os juízes, o Governo, a Maçonaria ou o Guerra Madaleno?"...

Somos um povo que adora suspeitas, e quanto mais obscuras ou menos experientes forem, mais são inflacionadas pela nossa fantasia.

Ora o PS, em vez de mostrar calma e serenidade (repare-se que por um lado dizem acreditar na justiça, por outro afirmam que esta está a ser instrumentalizada para a tal conjura - em que ficamos?) entra em autêntico pânico.
Organiza aquela conferência de imprensa no dia da prisão e diz as coisas que sabemos. E quando quase nos esqueciamos de tudo, Pedroso é libertado e é organizado aquele espetáculo na AR que demonstra bem o cunho que o PS quer dar ao caso. "Não é qualquer um que foi preso, foi um líder nosso, e isto é um ataque ao PS. Acreditem..."
E enfim, pelo meio aparecem as escutas que, escandalosamente divulgadas, é certo, revelam que de facto Pedroso tinha sido justamente preso. Havi claramente o intuito de afectar o processo da parte dos dirigentes do PS, e o deputado sabia. Ora se isto não é politização justiça, eu sou comunista...

O pânico de Ferro, em particular, e do PS, em geral, é muito estranho. Parecem as atitudes tomadas, que há medo nas hostes cor-de-rosa... Se calhar é impressão minha.


Links to this post:

<\$BlogItemBacklinkCreate\$>


Comments: Enviar um comentário

This page is powered by Blogger. Isn't yours?



Listed on BlogShares
Technorati Profile