<$BlogRSDUrl$>

terça-feira, julho 15, 2003


// posted by michael seufert @ 13:22

"Kuéstion Mark" 

É o que não me sai da cabelo depois de ler isto no "De Esquerda".

Deixem-me primeiro dizer que gosto imenso de ler os blogues que se assumem de esquerda. Quanto mais textos da esquerda leio (assim como quanto mais leio sobre o (pós-)25 de Abril) mais me convenço de a direita ser o "bom caminho". Pelo menos o meu. Como, no entanto, e ao contrário do Papa, não me considero infalível, gosto de discutir com os meus amigos de esquerda, e por vezes chego a compreender pontos de vista opostos ao meu.
Voltando ao "De Esquerda". Não entendi o post em questão.
Ei-lo na íntegra:

Pela manhã a notícia do Maoist Coordination Committee, que na Índia anda a dinamitar as linhas de comboio. Imagino logo os rebeldes maoístas a cavalgar em direcção ao comboio de passageiros, tipo Lawrence da Arábia.

A realidade passa por um grupo de rebeldes que rebentam os carris, algures na fronteira com o Nepal. Após vários ataques a comboios de baixa velocidade, os rebeldes maoístas conseguem chegar às notícias quando escolhem como alvo comboios de passageiros. Na descrição da CNN: The Maoist group is outlawed in India and often target the wealthy as well as the police and the government.


É a citação da CNN uma espécie de justificação para os actos practicados?
Detesto esta mania de quebrar as leis para impor as ideologias. E a esquerda adora isso! Não há, salvo erro, um governo comunista mediático que tenha chegado ao poder sem ser através duma revolução. Digo, DA REVOLUÇÃO. Aquela com que todo o leinista sonha...
Ao menos o Hitler ganhou as eleições, mudou a constituição, e impôs se como "Führer". Foi tudo "legal" (e não me venham dizer que quis justificar o nazismo com o facto de ter sido legal. As leis não preveêm tudo, já se sabe. A constituição de Weimar era desequilibrada e permitiu tal excesso que decerto não se repitirá tão cedo.). Agora andar para aí a pregar a sublevação armada, a raptar estrangeiros e industriais estilo FARC ou a dinamitar redes de caminho de ferro com o maoístas na Indía, isso já pode ser!
É que vejamos, eles often target the wealthy as well as the police and the government.
O Passaporte das ilegalidades, a carta branca da esquerda é atacar os ricos, a polícia e o governo. Justifica tudo!

No amor e na guerra vale tudo, e a esquerda parece estar em constante guerra com o mundo civilizado. Aquele que é democrático. Que acredita no estado de direito. Estão a ver?

Links to this post:

<\$BlogItemBacklinkCreate\$>


Comments: Enviar um comentário

This page is powered by Blogger. Isn't yours?



Listed on BlogShares
Technorati Profile